Receba novidades no seu e-mail

MAIS EVIDÊNCIAS SOBRE ENXAQUECA E RISCO DE DOENÇA CARDIOVASCULAR

Enxaqueca parece aumentar o risco para doença cardiovascular (DCV)
A enxaqueca afeta quase 15% da população ou cerca de um bilhão de pessoas em todo o mundo com um impacto considerável na qualidade de vida e um fardo substancial para a sociedade.

Em um estudo publicado no BMJ, o autor, Kasper Adelborg, PhD do Departamento de Epidemiologia Clínica do Hospital da Universidade de Aarhus na Dinamarca, encontrou associações na ocorrência de enxaqueca e DCV. Foram 510 pacientes estudados e acompanhados por 19 anos com media de idade de 35 anos, sendo 71% mulheres.

Os pesquisadores também estudaram outros fatores de risco de DCV, incluindo diabetes, obesidade, hiperlipidemia, hipercolesterolemia, hipertensão, doença valvular ouvida, doença pulmonar obstrutiva crônica, insuficiência renal, doença hepática, câncer, distúrbios relacionados ao álcool e doenças da tireoide.

Em geral, as associações foram mais fortes no primeiro ano após o diagnóstico, mas persistiram no longo prazo, até 19 anos após, além disso, a maioria delas foram nos pacientes com enxaqueca com aura e sinais de alerta como ver luzes piscando, e em mulheres.

A maioria das associações persistiu mesmo em não consumidores de drogas anti-inflamatórias não esteroides e em não consumidores de drogas específicas para enxaqueca.

Embora o risco absoluto de doenças cardiovasculares seja baixo ao nível individual, isso se traduz em um risco substancial ao nível da população porque a enxaqueca é uma doença muito comum.

Se você tem diagnóstico de Enxaqueca, as autoridades médicas reforçam que você dobre os cuidados com os outros fatores de risco para as doenças cardiovasculares como, excesso de peso, hipertensão, sedentarismo e dislipidemia.

Para diminuir todos estes fatores risco, mude hábitos e viva uma vida saudável!!!

© Copyright 2018. Todos os direitos reservados

Alt - Criação de Sites